sábado, 15 de dezembro de 2007

"Objectivos cumpridos"

'Falta ainda um acto que, de algum modo, simboliza o voluntarismo que marcou a presidência portuguesa da União Europeia: o alargamento do espaço Shengen aos oito novos estados-membros. O primeiro-ministro português e a chanceler alemã vão estar presentes no dia 21 na queda simbólica de uma das mais sangrentas fronteiras da história europeia, entre a Alemanha e a Polónia.
Portugal arriscou o objectivo político, que ainda estava em dúvida, ao oferecer a solução tecnológica que permite alargar o sistema de informações Shengen às novas fronteiras de Leste. Para terminar em beleza uma presidência que ontem José Sócrates declarou ter "cumprido todos os seus objectivos".
Depois de um Conselho Europeu sem história, esvaziado de qualquer questão polémica, o primeiro-ministro foi direito ao assunto. "Conseguimos um acordo sobre o novo Tratado de Lisboa e assinámo-lo", permitindo à União vencer a sua crise constitucional. '
Publicado no Jornal Público, no dia 15 de Dezembro de 2007

1 comentário: