sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Já está.

Tratado de Lisboa
[e agora, Referendo?]

1 comentário:

Rui Pedro Nascimento disse...

Não.
Como referendas um documento com 159 páginas? De certeza que todos nós encontraremos questões em que estaremos em desacordo com o que foi assinado. Fazer um referendo é não querer o tratado assinado. Por alguma razão quem defende o referendo são aqueles que estão contra o tratado.